Importância da utilização de normas para instalações hidráulicas que envolvem o uso de pressurizadores

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
importancia da utilizacao de normas para instalacoes hidraulicas que envolvem o uso de pressurizadores

Quando chega o momento de projetar ou executar uma instalação hidráulica pode surgir uma dúvida, devo me preocupar em seguir as normas brasileiras?

A resposta é sim! Esse conjunto de diretrizes tem como objetivo principal a segurança e a eficiência dos sistemas de água em residências, empresas e edifícios. Portanto, segui-las pode lhe trazer diversos benefícios a curto ou longo prazo.

Hoje iremos falar sobre a importância dessas normas, em especial da NBR 5626, para instalações hidráulicas e os seus principais aspectos e benefícios, principalmente, para você que pensa em adquirir um pressurizador para aumentar o conforto e garantir um banho na pressão certa!

Boa leitura!

Objetivos e principais considerações das normas técnicas

A Norma Brasileira (NBR) 5626 revisada em 2020, foi elaborada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e estabelece os requisitos mínimos para o dimensionamento, instalação, operação e manutenção de sistemas prediais de água fria e quente em edificações. Ela é aplicável desde construções residenciais a comerciais e industriais.

Uma de suas principais vantagens é que ela visa garantir a qualidade e a segurança da água fornecida aos usuários finais. Isso inclui, por exemplo, aspectos como a pressão adequada nos pontos de consumo, a distribuição uniforme da água e a prevenção de vazamentos.

Ao seguir as diretrizes da norma, é possível evitar problemas como falta de água em alguns pontos da edificação ou mesmo a contaminação devido a falhas na instalação.

A norma também define critérios para a correta seleção e dimensionamento de tubulações e conexões. Esses critérios levam em consideração fatores como o diâmetro das tubulações, o tipo de material utilizado e a capacidade de vazão necessária. Isso resulta em uma instalação hidráulica eficiente, que evita perdas desnecessárias de água e reduz o consumo de energia para bombeamento.

Outro aspecto importante abordado pela NBR 5626 é a necessidade de manutenção periódica das instalações hidráulicas. Assim, a norma estabelece diretrizes para a inspeção e a limpeza dos sistemas, visando evitar o acúmulo de resíduos e a formação de depósitos que possam comprometer a qualidade da água e a durabilidade das tubulações.

Um ponto importante na execução, manutenção ou inspeções das instalações hidráulicas é a emissão de ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) que também está relacionada à NBR 5626. A ART é um documento emitido por um profissional habilitado, como um engenheiro civil, que atesta a responsabilidade técnica sobre a obra ou serviço realizado.

No caso da NBR 5626, a emissão da ART pode ser necessária para comprovar que o projeto, a instalação e/ou a manutenção do sistema de água fria de uma edificação estão de acordo com as exigências da norma.

A ART é um instrumento importante para garantir a segurança e a qualidade das instalações, pois responsabiliza o profissional pelos serviços prestados, assegurando que ele possui competência técnica para realizar as atividades relacionadas à norma.

Principais vantagens de seguir as normas nas instalações hidráulicas

A adoção da Norma NBR 5626 traz diversos benefícios tanto para os usuários finais como para os projetistas, construtores e profissionais da área hidráulica. Alguns desses benefícios incluem:

  1. Segurança: A norma garante que a pressão da água seja adequada, evitando problemas como vazamentos e danos às tubulações.
  2. Qualidade da água: A NBR 5626 ajuda a garantir a distribuição uniforme da água e evita a contaminação, proporcionando uma água limpa e potável.
  3. Eficiência: O dimensionamento correto das tubulações e a seleção adequada dos materiais resultam em menor perda de água e redução no consumo de energia para bombeamento.
  4. Durabilidade: A manutenção regular recomendada pela norma ajuda a prolongar a vida útil das tubulações e equipamentos, reduzindo custos.

Considerações envolvendo o uso de Pressurizadores de água

consideracoes envolvendo o uso de pressurizadores de agua

Ao instalar pressurizadores seguindo as normas da ABNT, como a NBR 5626, é importante seguir algumas dicas para garantir a correta instalação e o bom funcionamento do sistema. Aqui estão algumas orientações:

Dimensionamento adequado

Antes de instalar um pressurizador, é essencial realizar o dimensionamento correto do sistema hidráulico. Isso envolve avaliar a vazão e a pressão necessárias nos pontos de consumo, levando em consideração fatores como número de banheiros, torneiras, chuveiros, entre outros.

O dimensionamento adequado é fundamental para evitar problemas de pressão excessiva ou insuficiente.

Escolha do pressurizador adequado

Existem diferentes tipos de pressurizadores disponíveis no mercado, cada um com características específicas.

É importante selecionar o modelo mais adequado para atender às necessidades do sistema hidráulico da edificação.

Sendo assim, verifique as especificações técnicas do pressurizador e certifique-se de que ele é compatível com o sistema existente. Se precisar de ajuda fale aqui com nosso departamento de aplicação de produto.

Número de bombas

De acordo com a NBR 5626:2020 no item 6.5.11.2 os sistemas de recalque e de pressurização devem possuir no mínimo duas bombas com funcionamento independente entre si, com vistas a assegurar o abastecimento de água em caso de falha ou desativação de uma delas para manutenção.

Localização correta

Ao instalar o pressurizador, escolha um local adequado, levando em consideração fatores como acesso para manutenção, ventilação e proteção contra intempéries.

Certifique-se de que o local seja seguro e permita fácil acesso aos componentes do sistema.

Conexões e tubulações

Utilize materiais e conexões de qualidade, seguindo as recomendações da NBR 5626. Verifique se as tubulações estão corretamente dimensionadas e instaladas, evitando curvas acentuadas, obstruções e vazamentos.

Utilize os dispositivos apropriados para evitar golpe de aríete, como válvulas de retenção e de controle de pressão.

Proteção contra incêndios

Caso o sistema de pressurização seja instalado em edifícios com sistema de combate a incêndio, é importante garantir a independência entre esses sistemas.

Certifique-se de que a água destinada ao combate a incêndio não seja utilizada para o abastecimento dos pressurizadores.

Manutenção regular

Assim como qualquer sistema hidráulico, os pressurizadores requerem manutenção periódica. Siga as recomendações do fabricante quanto à limpeza, inspeção e substituição de peças.

Verifique também se há necessidade de ajustes na pressão ou no funcionamento do sistema. Vale lembrar que os equipamentos Megapress com inversores de frequência possuem ajustes que variam de acordo com cada modelo.

Lembre-se também de que a instalação de pressurizadores deve ser realizada por profissionais qualificados, seguindo as normas e regulamentos locais. Ao seguir as diretrizes da NBR 5626 e adotar práticas adequadas de instalação, é possível garantir um sistema de pressurização eficiente, seguro e durável.

Quer saber mais detalhes sobre o assunto? Então, converse agora com um especialista e conheça as soluções da Megapress.

Imagens: divulgação

Gostou do artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Veja mais notícias